Browsing Category

Pele

Beleza, Pele, Rosácea, testamos

{Diário da rosácea #2} Minha adaptação e produtinhos

Hoje é dia de mais um #DiarioDaRosacea e fiquei muito feliz com os comentários no post passado. Acho muito importante essa nossa troca de experiências e também o apoio que damos umas para as outras.

Hoje eu vim falar com vocês um pouquinho como está sendo a minha adaptação nessa nova fase da minha pele. Como falei pra vocês, sempre tive a pele oleosa, então estava acostumada a só usar produtos específicos pra isso, né? Porém fui percebendo aos poucos que eles estavam fazendo muito mal pra minha pele. Principalmente os que possuem ácido salicílico na composição, que na verdade é um grande vilão para quem tem rosácea. Infelizmente agora estou com vários produtinhos de pele oleosa parados por aqui, preciso passar pra frente pra não ficar acumulando e também não vencer, né? Assim outra pessoa pode ter oportunidade de usar.

Esses são os 5 produtinhos que tem feito parte da minha rotinha diária de cuidado com a pele. Tudo que eu posso dizer é que não é fácil se acostumar a ter uma pele seca e bem sensível pra quem sempre teve a pele oleosa.

1- Cleanser – Fisiogel: Antes mesmo de saber que o que eu tinha era rosácea, já tinha trocado meu gel de limpeza pelo cleanser da Fisiogel que de longe é o melhor que já usei na vida!! Ele não é muito barato, custa por volta de R$60/70. Mas o custo x benefício é maravilhoso. Como comentei no outro post, até tentei usar um outro de amostrinha que o dermato tinha me passado, mas tive uma alergia terrível. Voltei logo correndo pra ele e agora não largo nunca mais.

2-  Ação Calmante AI – Fisiogel: Outro que também não larguei mais, foi essa loção com efeito calmante da Fisiogel. Comprei num surto de desespero pra ver se minha pele melhorava e graças a Deus funcionou. Ele realmente ajuda na vermelhidão, acalma e protege a pele. Esse tem um preço beeem salgado, mas rende muito!! Já vai fazer quase 3 meses que tô usando esse pequeno e agora que tá no finalzinho (e olha que usei demais nos dias críticos!!). Esse pequeno paguei por volta de R$60,00. Agora só uso pela noite nas áreas que não aplico o outro produto específico para rosácea.

3- Umiditá Rosto: Esse foi o hidratante diurno que o dermato me passou. Ele é indicado para peles bem sensíveis e tô gostando muito. Deixa a pele hidratada e com efeito sequinho ao mesmo tempo. E uma coisa muito boa é que ele possui FPS25, então já ajuda bastante, né? Ainda tô usando a amostrinha que o médico me deu e gente, como esse bichinho rende!! Já vi o preço e é por volta de R$60,00 também.

4- Protetor Solar – Blocksin: Outro que ainda tô nas amostrinhas é o protetor solar e tô encantadíssima! Eu nunca tinha ouvido falar dessa marca, mas me surpreendi muito. Ele fica bem sequinho na pele e possui efeito calmante, o que é ótimo para quem tem a pele sensível. Outro plus é que ele já tem cor! O dermato me explicou que os protetores com cor são mais indicados porque a cor ajudam a formar uma barreira extra contra o sol. Fora que já dá aquele tapa, né? 😛 Uniformiza e cuida da pele. <3

5- Rosaliac AR Intense – La Roche Posay: E pra finalizar, esse é o produto que o dermato me indicou pra tratar a rosácea. Tenho usado todas as noites na região das bochechas e nariz, que é onde a bichinha pega mesmo. Ainda não senti nenhuma diferença na pele por conta dele, mas acredito que seja algo que a gente veja com o tempo, né?

Enfim, esse tem sido o combo de produtinhos que estou usando há cerca de 1 mês religiosamente e já percebi o quanto minha pele tem agradecido por isso.

Claro que não é porque funcionou comigo, que vai dar certo com todo mundo, por isso é sempre importante ver o que seu dermato indica pra você. Mas como falei, acho muito interessante podermos trocar experiências e contar o que funcionou ou não, né? Aos poucos vou fazer resenha completa de todos os produtos que tenho usado. Mas quis fazer esse post pra ter uma visão geral de tudo mesmo.

Meninas que tem rosácea, me contem também os produtos que vocês usam? <3

Gostou? Compartilhe:

    Beleza, Pele, Rosácea

    {Diário da rosácea #1} O começo de tudo!

    Quem me segue no snapchat (sou maribombonato por lá :D) ou faz parte do nosso grupo no Facebook, já tá por dentro do meu ~drama~ e do que vem acontecendo na minha pele. Resolvi trazer esse assunto pra cá porque quando eu pesquisei não achei muito conteúdo interessante sobre isso e acho que pode ajudar bastante gente que está passando pelo mesmo problema.

    É possível que esse post fique um pouco longo e com bastante informação, mas acho importante pra contar tudo detalhado pra vocês.

    rosacea

    Bóra começar então?

    Desde a adolescência eu tive a pele bem oleosa, com muitas espinhas e por isso sempre acabei fazendo uso de produtos destinados para esse tipo de pele, né? Eles me ajudaram por muito tempo, mas esse ano as coisas começaram a ficar um pouco diferente por aqui. Várias bolinhas começaram a surgir no meu rosto, mas especificamente na região das bochechas, e eu ficava bem chateada achando que eram mini espinhas, cravinhos ou algo do tipo. Numa tentativa inútil de tentar melhorar tudo, comecei a usar ainda mais produtos específicos para pele oleosa, que geralmente contém ácido salicílico que ajuda no combate e prevenção da acne. Foi aí que as coisas pioraram ainda mais.

    Quando me dei conta, minha pele estava longe de tudo que eu sempre quis. As bolinhas não haviam sumido, pelo contrário, estavam aumentando cada vez mais e junto com elas, uma vermelhidão que não passava por nada. Esse quadro crítico foi por volta de final de julho/início de agosto e já desesperada e muuuito chateada resolvi marcar uma consulta no dermato, consulta essa que demorou quase 2 meses pra chegar. 🙁

    Durante esse tempo de espera, pesquisei muito sobre o que eu poderia ter e estava apostando forte em um alergia qualquer, porque quando eu tomava antialérgico minha pele acordava boa no dia seguinte. Mal sabia eu, né? hahahaha

    Acabei suspendendo todos os produtos que eu estava usando e investi em produtos hipoalergênicos e com efeito calmante destinados para peles sensíveis. Aos poucos minha pele começou a melhorar e, quando já tava ~tudo bem~, minha tão sonhada consulta chegou e finalmente acabei descobrindo que o que eu achava que era alergia, na verdade é uma rosácea. A minha é um grau leve, mas preciso cuidar se não ela pode piorar. Além da rosácea, também descobri que tenho dermatite de contato e por isso sempre tenho que ficar de olho nas coisas que eu uso. Descobri, por exemplo, que não posso mais usar o top coat roxinho da Colorama, assim que eu passo meu rosto fica todo empipocado. É quase uma loteria, sabe?

    Não tenho foto do meu rosto na época mais crítica, mas tirei essa esses dias (foi com o cel mesmo :P) para vocês terem uma ideia de como minha pele fica logo que eu saio do banho ou em dias mais quentes.

    Jpeg

    Isso perto da crise que eu tive não é nada e agora já até aprendi a conviver com essa ideia da rosácea. Pelo menos agora eu sei o que eu tenho e como tratar, não é mesmo? Claro que eu queria muito ter uma pele perfeita, mas me conformei que isso também não existe.

    Sei o quanto a nossa pele nos chateia muitas vezes. Nessa crise que eu tive, cheguei a chorar enquanto me arrumava um dia, porque não me conformava da minha pele estar daquele jeito. Não adiantava passar maquiagem, porque as bolinhas simplesmente não desapareciam e o aspecto de pele irritada também não. Nunca fiquei tão triste por chorar por algo, porque era uma coisa que realmente estava me deixando pra baixo, mexendo com a minha autoestima e fazendo eu me sentir a pessoa mais feia de todo esse mundo. Sei que pode parecer um exagero, mas quem sente ou já sentiu isso com certeza vai me entender. E ó, se você tá se sentindo assim, acredite: vai passar! 🙂

    Hoje posso dizer que está tudo sob controle por aqui, mas na semana retrasada tive uma reação alérgica (lembra aquela história de dermatite de contato?) a um sabonete que o próprio dermato passo. Suspendi logo que percebi que era ele, mas o estrago durou por muuuitos dias. Voltei a ficar chateada, mas depois ficou tudo bem de novo. A parte boa é que graças a Deus eu não cheguei a comprar o sabonete, ainda era amostrinha hahahah.

    Ainda tô nessa fase de entender o que melhor funciona pra minha pele e aos poucos a gente vai se entendendo.

    Nos próximos posts sobre o assunto eu vou falar um pouquinho mais da rosácea (já que esse post foi mais uma ~apresentação~ mesmo) e também mostrar os produtinhos que eu tenho usado e gostado, combinado? <3

    Beeeijos, amoras! :*

    Gostou? Compartilhe:

      Beleza, Maquiagem, Pele, testamos

      {testamos} Demaquilante Loção – Nivea

      Dia desses tava usando esse produto que eu amo e aí me dei conta que eu nunca tinha falado dele pra vocês. Como é que pode?? Eu já perdi a conta de quantos vidrinhos desse demaquilante já usei. Sabe quando a gente realmente se encontra em um produto? Foi assim com esse logo na primeira vez. <3

      Esse demaquilante é daquele tipo líquido que parece uma águinha, sabem? Tão leve que não arde nem os mais sensíveis dos olhos e por isso ele é até indicado pra quem usa lentes de contato. Na embalagem diz que é indicado para remover a maquiagem dos olhos e do rosto, mas confesso que não acho que ele seja tão eficaz na remoção da make dos olhos, para isso prefiro usar um demaquilante bifásico. Por isso sempre uso ele no rosto e não tenho nada do que reclamar, sempre tira toooooda a minha maquiagem. E pra quem tem problemas com cheiro: ele não tem fragrância nenhuma.

      Fiz um teste pra mostrar pra vocês como ele funciona:

      Corretivo Studio Finish – MAC| BB Cream L’Oréal | Batom Pink Pigeon – MAC| Blush Fabulous – O Boticário

      Tirando o batom, que também sempre acabou retirando o que sobra com o demaquilante bifásico, o resto ele tira com muita facilidade. <3

      Fica a dica de um demaquilante facil bem baratinho e maravilhoso!! Pago em torno de R$20,00 nele e acho que rende bastante, viu? 🙂

      Gostou? Compartilhe:

        Beleza, Pele, testamos

        {testamos} Gel de Limpeza Damasco – St. Ives

        Confesso que comprei esse produto totalmente enganada. Peguei achando que era esfoliante, mas nem me liguei que na embalagem só falava que era tipo um “gel de limpeza”.

        Mas né? Falha minha. 😛
        Vamos ao que interessa… como vocês já devem imaginar, comprei lá nos EUA e sempre tive muita curiosidade de testar os produtos da St. Ives porque são 100% naturais e livre de parabenos. Essa linha de damasco é uma das mais conhecidas deles. Queria muito mesmo ter pego o esfoliante porque dizem que é ótimo, mas esse cleanser também é bem gostoso!

        Ele promete uma limpeza gentil e poros livres de impurezas. Tem uma textura bem gostosa e pequenas partículas que esfoliam beeeeeem levemente a pele. Mas nada de fazer espuma, ele mais parece um creminho de limpeza mesmo, sabem? Além disso, a pele fica com aquela sensação bem fresquinha, sabem?

        E o cheirinho?? Ahhhh, bom demais!!! Depois de experimentar esse produto, só fiquei com ainda mais vontade de experimentar os outros. Não tenho certeza, mas já vi muitas pessoas falando que encontram St. Ives no Sams Club, então fica a dica para quem quer comprar por aqui e experimentar. O preço eu não faço a menor ideia. =/

        O meu eu comprei no Walmart de Orlando e paguei por volta de $7.00.

        Gostou? Compartilhe:

          Beleza, Maquiagem, natura, Pele, testamos

          {testamos} Iluminador em Bastão – Natura Una

          Eu nunca fui muito amiga de iluminador, sempre rolava aquela preguicinha básica na hora de usar e acabava deixando encostado na gaveta. Mas de uns tempos pra cá garrei um amor nesse Iluminador em Bastão da Natura Una que nossa… quero sair fazendo a globeleza por aí. #aloka hahahah

          Acho que eu gosto tanto dele justamente pela praticidade, sabem? Eu até tenho iluminador líquido e em pó aqui, mas nenhum deles tem um brilho tão bonito quanto esse e como é em bastão é bem simples de aplicar. Quando quero mais intenso aplico direto da ~bala~ e quando quero algo mais suave aplico com a ajuda dos dedos. Dá pra controlar muito bem o quanto de glow a gente quer na pele.

          A tonalidade desse iluminador é mais pérola e sei que as meninas mais morenas costumam gostar dos iluminadores um pouco mais dourados, né? Mas esse vale muito a pena, se funde a pele com facilidade e se quiser usar para dar um tchan naquele blush opaco que você tanto adora também dá certo!

          Quando a duração, eu acho ótima!! Dura muito bem na pele, mesmo nos dias de mais calor.

          Eu ganhei o meu da assessoria da marca, mas consultei o preço e vi que é R$59,00. Não é muito barato, mas como rende e tem um duração legal na pele, acho que vale a pena. Fora a qualidade do produto, né? 🙂

          Vocês podem comprar com as revendedoras ou diretamente pelo site da Natura.

          Quem aí é aloka do iluminador? 😀

          Gostou? Compartilhe: