Browsing Category

livros

livros, wishlist

Wishlist literária :D

Eu normalmente já adoro ler, mas parece que no friozinho essa vontade fica ainda maior. Até porque eu acho que não tem nada melhor do que ficar jogada na cama, embaixo da coberta e lendo um bom livro. Vocês também? *-*

Por isso resolvi compartilhar com vocês os livros que mais estou desejando no momento. Desde que terminei de ler o “Como eu era antes de você” ainda não comecei nenhum outro, mas agora já tô preparada para alguma nova história hahahaha.

Bóra ver minha listinha? 🙂 Peguei os links mais baratos que achei durante a minha procura no Buscapé, porque eu sou assim #mãodevaca hahahah

  1. A última carta de amor – Jojo Moyes {R$21,60}
  2. A garota que você deixou para trás – Jojo Moyes {19,71}
  3. O segredo do meu marido – Liane Moriarty {R$14,90}
  4. Garota exemplar – Gillian Flynn {R$19,90} 
  5. Se eu Ficar – Gayle Forman {R$11,61}
  6. A lista de Brett – Lori Nelson Spielman {R$22,40} 
  7. Box saga Encantadas {R$24,90}

Como eu já contei pra vocês antes, eu tô super afim de ler outros livros da Jojo Moyes e quero começar por esses dois que estão na lista, se forem tão bons quanto o “Como eu era antes de você” já vai se tornar a minha autora favorita. Os outros são alguns livros que vocês mesmas me indicaram, outros eu li resenha por aí e fiquei muito afim de conhecer toda a história, assim como a Saga Encantadas, que promete contar o história real dos contos de fadas. O único problema desse box é que os livros vem naquela edição econômica e confesso que não curto muito esse formato, então é capaz que eu acabe comprando eles separados mesmo. 😛

Já leram algum desses? Tem algum outro título pra me indicar? Eu vou amar!! <3 <3 <3

Gostou? Compartilhe:

    livros

    {livro da vez} Como eu era antes de você – Jojo Moyes

    Antes de mais nada preciso dizer que eu me sinto orfã desde que terminei esse livro. Foi tão intenso e tocante pra mim que ainda não consegui começar outro. Sabe quando você se envolve pra valer com uma história? Foi assim comigo.

    Resolvi comprar o “Como eu era antes de você” depois de ver muita gente falando sobre ele, aproveitei que tava com um preço bom pela net e comprei. Acabei demorando um pouquinho pra ler porque coloquei outros na frente e agora até me arrependo disso. É uma história envolvente, que a gente torce junto, mas que o final não sai muito bem como a gente planejava.

    O livro conta a história de Louise Clark, que acabou de perder o seu emprego numa cafeteria da cidade que tanto adorava e diante da situação difícil da sua família se vê obrigada a arrumar outro emprego com certa urgência, sem se preocupar com o que seria ou como seria. Clark tem um namorado, o Patrick, um triatleta que se tornou obcecado por esse estilo de vida e que praticamente não se importa com ela.

    E no meio dessa busca de emprego, ela encontrou uma vaga de cuidadora de tetraplégico, algo que nunca tinha sonhado pra vida, mas que resolveu aceitar diante do ótimo salário. Assim Lou conheceu Will, um cara bem mau humorado e que não aceita seu atual estado físico, já que sempre foi amante de esportes e nunca esteve sozinho.

    É claro que nem preciso dizer que ao longo dos dias a Lou conseguiu fazer Will enxergar a vida de uma forma diferente e se tornaram grandes amigos, né? Mas eu teria ficado muito mais feliz se o final tivesse sido do jeito que todo mundo torce no decorrer da história.

    Não vou falar mais do que isso para não virar spoiler, mas ainda não superei mesmo. hahaha

    Agora não vejo a hora de ler o “A garota que você deixou pra trás” que é da mesma autora e parece ser tão bom quanto. Se eu ler depois volto pra contar pra vocês.

    Mais alguém já se sentiu orfã assim de um livro? 🙁

    Gostou? Compartilhe:

      livros

      {livro da vez} Como ter uma vida normal sendo louca – Camila Fremder e Jana Rosa

      Desde a primeira vez que vi esse livro eu fiquei com vontade de levar pra casa, tudo nele me deixou curiosa: o título, a capa e inclusive a sinopse. Aí que depois de ver tanta gente falando bem, resolvi comprar logo o bichinho e…

      Bem… digamos que as coisas não saíram muito bem como eu imaginava. Meu Deus, esse livro não acabava nunca mais!! E isso não quer dizer que ele seja chato, mas sabe quando a leitura simplesmente não flui? Foi tipo isso que aconteceu.

      Eu fico meio chateada de ~falar mal~ de um livro, porque eu sempre acho que qualquer livro agregue alguma coisa pra nossa vida. Então vamos focar nos pontos positivos: esse livro é sim bem engraçado, afinal é um guia com dicas surreais pra gente saber lidar com os acontecimentos mais comuns e bizarros da vida, desde terminar um relacionamento até contratar amigos para fingir que são seus fãs no SPFW. hahahaha

      É claro que o livro não passa de um guia bem humorado, com várias situações imaginárias, mas mesmo assim achei algumas partes muito forçadas, entendem? =/

      Agora o que eu adorei mesmo foram as ilustrações que fazem parte do livro, são mega divertidas e lindas!! Super bom gosto das autoras! 🙂

      Alguém por aqui já leu? Me contem! Quero saber se mais alguém teve a mesma percepção que eu, porque a maioria das resenhas que eu li só falava bem. hahahaha

      Gostou? Compartilhe:

        livros

        {livro da vez} Extraordinário – R.J. Palacio

        Se tem um livro que me tocou de verdade nos últimos tempos, esse livro é o Extraordinário. Eu fiquei curiosa pra ler e conhecer a história depois de ver tanta gente falando tão bem dele e logo que postei no Instagram, as meninas também vieram comentar o quanto gostaram dele.

        O livro relata a história de August Pullman, o Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome que o deixou com o rosto totalmente deformado. Auggie passou por várias cirurgias ao longo dos anos e poderia ser considerado uma criança normal como todas as outras, exceto pelo seu rosto. Por conta disso tudo ele nunca tinha ido para a escola, sempre teve aulas com a própria mãe, mas com 10 anos os pais acharam que era enfim a hora dele enfrentar o mundo, estudar em uma escola de verdade e é justamente aí que começam todos os problemas.

        A gente sabe como as crianças são, né? Ou melhor, como todos nós somos… se vemos alguém diferente e que não se enquadre na “normalidade” que estamos habituados, acabamos olhando, comentando e as vezes nem é por maldade, é só simplesmente pelo fato de ser “diferente”.

        Esse livro é delicioso porque ele é narrado na perspectiva de vários personagens ao longo da  história e termina nos dando uma lição incrível! Acho inclusive que esse sim era o tipo de livro que as escolas deveriam exigir logo cedo dos alunos. Ensinar a respeitar e amar ao próximo apesar de toda e qualquer diferença. Ninguém é perfeito, não é mesmo? ♥

        Auggie me conquistou, mostrou que a gente pode ser feliz das maneiras mais simples, independente da sua condição física/econômica/etc.

        Um livro que vou guardar com muito carinho para que um dia meu filho possa ler e enxergar o mundo de um jeito mais bonito. ♥

        Gostou? Compartilhe:

          livros

          {livro da vez} Eleanor & Park – Rainbow Rowell

          Yaaaay!! Hoje eu trouxe mais um livro pra vocês :). Quando postei no Insta esse livro muitas meninas pediram pra eu contar o que achei depois de ler e faz só algumas semanas que terminei, então resolvi postar logo para compartilhar as minhas impressões.

          Sabe aquele livro que te ganha logo de cara? Assim é “Eleanor & Park”. Fiquei apaixonada logo pelas primeiras páginas, primeiro porque ele foge daquele clássico de mocinha fofa e menino perfeito. A gente sente que são pessoas reais, gente como a gente, com dramas e problemas na família e põe problemas nisso! Eleanor mora com sua mãe, seus irmãos e seu padrasto, que está looooooooonge de ser o pai dos sonhos (aliás, é totalmente o oposto disso) e o pai de verdade não dá mínima para ela e seus irmãos.

          Depois de passar um ano fora de casa por ser expulsa pelo seu padrasto, Eleanor está de volta e é durante a ida para o seu primeiro dia de aula que ela conhece Park, um menino que aparentemente tem uma família perfeita, mas que no decorrer do livro a gente também descobre que não é bem assim. Além de todas as dificuldades que passa em casa, Eleanor também sofre bullying pesado na escola e no ônibus, mas com o passar dos dias ela encontra em Park muito mais que um amigos e juntos começam a enfrentar todo preconceito e medo.

          A cada página virada fica impossível não se apaixonar por esses dois e torcer para que tudo fique bem no final. Aliás, final esse que não sai muito bem como a gente imagina, viu? #semspoilers

          Vale muito a pena a leitura!! ♥

          Gostou? Compartilhe: