Browsing Category

#dicasfit

#DaiEmForma, #dicasfit, academia, Reeducação Alimentar

8 Dicas REAIS de como ter um 2017 mais saudável ♥

Tenho certeza que a grande maioria da população fez a promessa de ser fitness ou mais saudável em 2017, certo?

Só que as vezes é um pouco difícil cumprir a promessa porque não sabemos direito como começar, ou temos vergonha de entrar na academia, ou uma enorme dificuldade em comer de forma mais saudável.

Então vim aqui pelo menos tentar ajudar ♥

1- Se matricule em uma academia que tenha a ver com você!

y2

As pessoas não dão muita importância pra isso e acabam se matriculando em qualquer academia só porque é a mais perto de casa ou do trabalho e esse pode ser um dos motivos que faz com que você desista depois de alguns meses.

A academia que você vai tem que ser a sua cara, você tem que se sentir bem indo lá. 

Exemplo disso é que muitos anos atrás eu fiz academia em um lugar só porque era mais perto, e não sentia vontade de ir. Era meio que uma tortura haha A dona era metida, os alunos ficavam disputando entre si, eu não gostava. Parei de ir.

Aí, desde junho do ano passado tenho ido na Y2 Academia e é outra coisa gente! Adoro o clima, o ambiente, os professores… Dá vontade de ir e quando falto fico até arrependida haha

Então é importante sim encontrar uma academia que você goste porque assim fica prazeroso ir malhar.

2- Descubra as atividades físicas que você ama!

14691120_1440166072665581_4517008000785467531_n

Não adianta você fazer musculação só porque todo mundo faz. Hoje em dia tem inúmeras aulas diferentes e que dão o mesmo resultado.

É muito importante você descobrir quais atividades você gosta pra não ficar sofrendo ou reclamando e, de novo, acabar desistindo.

Eu, por exemplo, gosto de musculação (não acho cansativo como a maioria das pessoas) e sou apaixonada por dança. Então, faço musculação e Fit Dance na academia.

Mas você pode gostar de circuito funcional (fiz uma vez e adorei, pretendo começar semana que vem), judô, muay thai, pilates, yoga, corrida, jiu jitsu, jump, cross fit… Impossível não ter pelo menos uma atividade física que você sinta prazer em fazer.

3- Não tenha vergonha e não dependa de ninguém pra ir pra academia.

Geralmente as pessoas tem vergonha de começar a ir em alguma academia e acabam ou não indo ou então combinam com uma amiga de irem juntas.

Sobre a vergonha: gente, todo mundo que está faz 1/2/10 anos na academia teve o primeiro dia, o começo, não sabia o nome de aparelho nem exercício nenhum e foi aprendendo e se acostumando. No fundo ninguém além do professor está preocupado com o que você está fazendo haha

Sobre chamar a amiga: ok que é super legal ter alguém pra malhar junto com você mas não dependa dessa pessoa. O que acontece demais é que quando uma falta e outra falta também porque se acostumou a ir somente acompanhada.

Vá sozinha, o seu corpo e saúde agradecem.

4- Procure uma academia que tenha professor!

edb7ca2ea8a15443799234741ce34b1f

Vocês não tem noção da diferença que isso faz.

Essas academias que estão surgindo onde não tem professor e os treinos são praticamente os mesmos para todos os alunos são a maior furada.

O professor está ali justamente pra fazer uma série exclusiva pra você, para o seu corpo, para os seus objetivos.

Não caia nessa de pagar mais barato mas não ter acompanhamento e além disso fazer um treino genérico. Os resultados provavelmente não virão nunca.

5- Comece uma reeducação alimentar!

reed

Não adianta fazer atividade física e se entupir de fast food.

O ideal é você procurar uma nutricionista pois ela vai fazer o exame de bioimpedância e montar um cardápio exclusivo pra você, de acordo com o que o seu corpo precisa.

Aqui em São José dos Campos eu indico a minha nutri linda Dra. Flávia Murena.

Ela é super realista, conversa, respeita as nossas frescuras alimentares (eu, por exemplo, não consigo comer salada de jeito nenhum haha) e isso é fundamental pra você conseguir se esforçar e manter a reeducação.

6- Não seja radical!

Não tente começar tudo de uma só vez no nível hard. Tenha paciência e saiba os seus limites.

Comece as atividades físicas aos poucos, vá evoluindo. O mesmo vale para a reeducação alimentar: é muito difícil alguém que só come besteira todos os dias o dia inteiro cortar tudo de uma vez e começar a viver de frutas, verduras e legumes. Provavelmente vaio acabar desistindo no segundo dia.

Se você come uma barra inteira de chocolate por dia experimente começar a comer só uma fileira, depois só um quadradinho e assim por diante.

Se você é apaixonado por fast food que tal comer então apenas uma vez por semana ao invés de 5?

Qualquer melhoria é válida pra sua saúde.

E, a não ser que o seu corpo seja seu instrumento de trabalho ou que você tenha algum problema de saúde, não tem necessidade de eliminar completamente e pra sempre todas as gostosuras da sua alimentação. É só saber dosar, escolher, ir melhorando e não fazer da jacada uma regra e sim, exceção.

7- Vá malhar se sentindo bem!

15073389_1295014093853363_1314357042881359017_n

Invista em roupas de academia! Sério!

Se você gosta de ir malhar de camisetão, não tem problema, mas então compre camisetões legais, diferentes, divertidos, enfim, que faça você se sentir bem usando.

Ninguém merece ir toda mulamba pra academia, isso acaba com a nossa auto estima e com a vontade de ir malhar.

Minha dica é a Rangel Moda Fitness. Ela fica aqui em São José dos Campos mas envia pra todo Brasil. As roupas são lindas, ótima qualidade e os preços são justos.

Vocês não imaginam como o astral muda quando vamos malhar nos sentindo bem.

8- Desencane da balança!

Se você não está com sobrepeso dificilmente vai ver alguma mudança significativa na balança porque o seu corpo vai trocar gordura por massa magra.

Foque somente no que você está vendo no espelho e provavelmente nas suas roupas.

E o mais importante de tudo é a sua saúde, que vai te agradecer muito com todas as mudanças 🙂

É isso meninas. Ajudei? Vocês também tem alguma dica?

Beijos!

 

 

 

Gostou? Compartilhe:

    #DaiEmForma, #dicasfit

    {#DICASFIT} Sobre prancha e seus benefícios (por Thabatta Pereira)

    Olha as #dicasfit aqui de volta!

    Hoje quero falar sobre exercício, mais especificamente sobre a PRANCHA, porque vi a Dai reclamando falando dele no primeiro post sobre a volta à academia e pensei: Será que todo mundo sabe PRA QUE a prancha serve?

    Resolvi trazer pra vocês uma explicaçãozinha simples e rápida:

    Prancha trabalha toda a musculatura chamada de CORE: os músculos profundos da região abdominal, lombar e pélvica, que garantem a sustentação dessas regiões, prevenindo desvios posturais e lesões. Sabe a contração que seu corpo faz quando você pisa em falso mas tenta se equilibrar? O Core é o responsável por esse efeito.

    Dito isso, você se pergunta: além de fortalecer essa musculatura, o que mais a prancha faz por mim?
    Eu diria que esse fortalecimento “basal” por assim dizer, já é mais que motivo pra incluir a prancha no treinamento de qualquer indivíduo. Porém, tenho mais benefícios para listar:

    – Você trabalha todos os músculos do abdômen de forma igual, e isométrica (sem movimento)

    -O esforço pra manter a postura durante a execução fará com que seus músculos (incluindo glúteos) se tonifiquem e ganhem força!

    – Garanto que você vai se sentir motivado a conseguir passar daqueles 30 segundos de qualquer jeito. É um desafio. Dos difíceis, mas dos recompensadores.

    – Existem inúmeras variações, inclusive em movimento ou realizando exercícios na posição de prancha.

    E como executar direitinho? De bruços, apoie os cotovelos e o antebraço no chão, alinhados com seu ombro, formando um ângulo de 90°, apoie também a pontinha dos dedos dos pés, e suba o corpo formando uma espécie de “mesa”: o quadril não fica alto nem baixo, fica alinhado com suas costas. Mantenha a posição o tempo que o professor de Educação Física te passou. O tempo todo, o abdômen tem que estar contraído, o corpo parado, respiração contínua (não prenda o ar!). Antebraço e pés não fazem força, são só apoio.
    Depois dos X segundos, você acabou uma série. Parabéns!

    FOTO FONTE: http://www.mundoboaforma.com.br/7-exercicios-para-prancha-abdominal/

    E aí, vale a pena “sofrer” um pouquinho em prol de tanta coisa boa?

    Um beijo!

    Gostou? Compartilhe:

      #DaiEmForma, #dicasfit, Reeducação Alimentar

      {#DICASFIT} Trocas Inteligentes (por Thabatta Pereira)

      Primeiramente, Olá pessoal! Sou Thabatta Pereira, estudante de educação física, e blogueira no http://www.thabattapereira.com. A Dai me convidou pra estar aqui no TPM de vez em quando dando umas #dicasfit pra vocês.

      Vamos começar falando de trocas inteligentes? Porque quando vamos começar, lidamos com tanta informação, tanto “pode, não pode” que isso confunde e acaba desanimando. Falo sobre esse início nesse post com dicas de como começar, e nesse, sobre alimentos que parecem fit mas não são.
      Aqui, vamos fazer trocas simples, mas tenham em mente que nada tem gosto igual ta? Pode ser gostoso? Pode, claro. Aqui só listei o que eu acho gostoso de verdade! Você pode acabar até preferindo a substituição à coisa antiga? Pode também. Mas não comam tapioca no café da manhã pensando que vai ter gosto de pão com requeijão porque JAMAIS será!rs
      tpm moderna
      Lembrando que dei algumas poucas ideias, mas as combinações e receitinhas são infinitas, basta uma pesquisadinha.
      Espero que vocês tenham gostado, e me esperem pra mais dicas por aqui.

      MANDEM AQUI NOS COMENTÁRIOS OU EM QUALQUER REDE SOCIAL SE QUEREM QUE EU TRAGA RECEITAS DE ALGUMAS OPÇÕES.
      Um beijo

      Gostou? Compartilhe: