Browsing Category

ajuda

#meuape, ajuda, Casamento, Dicas

Quanto custa morar sozinha/ com o marido?

dinheiro

Quem acompanha o blog desde o começo sabe que eu sempre tive vontade de morar sozinha, apesar de nunca ter tido vontade de casar. E casei. hahaha

O que mais me deixava na dúvida e insegura era sobre os gastos fixos que eu teria mensalmente. Sempre achava que não ia dar e nunca encontrei na internet algum post ou matéria que fosse REAL, principalmente para a minha situação financeira, minha cidade, etc.

É muito fácil morar sozinha ou casar ganhando mais de R$10.000,00 por mês. Mas e quando isso não acontece? É o meu caso e acredito que o caso da maioria de vocês que não tem muita grana disponível mas também não querem passar o resto da vida morando na casa dos pais, dependendo dos outros, e por aí vai.

Então, vim aqui mostrar pra vocês a minha tabelinha da pobreza, DIGO, das despesas RISOS

Claro que isso vai variar de cidade pra cidade e da sua rotina de vida.

Eu e meu marido trabalhamos fora o dia inteiro. Dia de semana somente jantamos em casa. Final de semana é muito variado, mas na maioria deles almoçamos em casa e jantamos alguma bobeira na rua.

Em casa somos somente eu, meu marido e a Arrocha linda e maravilhosa sambando na cara da sociedade.

Moramos em um apartamento de quase 50m² em um bairro classe média, simples, mas um bairro calmo e perto de tudo.

GASTOS:

  • Financiamento do apto: R$425,00
  • Condomínio: R$300,00 (inclui a água)
  • Net + TV + Telefone: R$200,00
  • Gás: R$9,00
  • Luz: R$100,00
  • Compras: R$300,00 (fazemos a compra grande em atacarejos e as misturas como carne, frango, compramos em açougue durante as semanas – está tudo incluso nesse valor)
  • Gasolina: R$200,00 (o carro fica comigo durante a semana, só uso pra ir e voltar do trabalho, final de semana fazemos tudo com o carro)
  • Gastos com a Arrocha: R$50 – R$100,00 (varia muito)

TOTAL APROXIMADO: R$1.634,00

Lembrando que fora os custos fixos ainda tem os adicionais: cartão de crédito, saídas para passear, saídas para comer, bobeirinhas pelo caminho. E, é sempre bom deixar um valor guardado para emergências como problemas no carro, no apê, remédios, veterinário…

Vale também falar que caso você esteja indo morar sozinha algumas contas serão bem menores, como a de luz, gás e compras. E, caso você esteja indo morar com alguém isso tudo é dividido e acaba que não fica tão pesado assim no fim das contas.

Acredito que a parte mais difícil seja organizar os gastos extras, não os fixos. É muito difícil alguém que faça realmente todas as refeições em casa, ou que não saia nenhuma vez no mês para cinema, show, balada, teatro, barzinho com os amigos, enfim…

Espero ter ajudado vocês <3

Gostou? Compartilhe:

    ajuda

    Hai África – Ajude se puder :)

    Estava euzinha hoje a tarde no instagram (@daicravo) quando surgiu a Mariana Fischer, publicitária de formação, fotógrafa de coração e amante da vida. Não só da dela, mas especialmente da vida de quem precisa de ajuda, de quem precisa de esperança.  A Mari (virei íntima, ui!) me pediu ajuda pra divulgar um projeto chamado Hai África que eu não conhecia e fui descobrir o que era antes de vir aqui contar pra vocês.

    Vou deixar aqui um vídeo pra quem quiser saber um pouquinho mais sobre, pelas palavras da própria Mari:

    A Mari desde pequena participa de trabalhos sociais e agora está pedindo ajuda para conseguir R$15.000 (já conseguiu mais de R$8 mil) até o dia 03/01/2015 pra fazer uma ação na África onde pretende ajudar dos países com questões nutricionais e também de estudo.

    Nas palavras da Mari:

    “Sobre o Projeto Uganda e Quênia são países que precisam muito da nossa ajuda, além de muitos outros também. Mas escolhi estes depois de várias pesquisas, e assim comecei entrando em contato com ONG’s de lá! O Objetivo é ajudar crianças de lá, que tanto precisam. Tanto na parte nutricional, como em melhorias das condições de estudo.

    O que vamos fazer? Alimentação: projeto de agricultura autônoma sustentável em comunidades carentes e com uma campanha de material escolar. Tudo vai depender do dinheiro arrecadado.”

    Para doar, qualquer quantia que seja, clique aqui (e para conhecer melhor o projeto também).

    O legal é que para cada quantia doada existe um “prêmio”: quem doar R$15 ganha um adesivo do projeto, quem doar R$25 ganha o adesivo + uma carta escrita por ela e assim vai, tendo como prêmio até um ensaio fotográfico feito por ela.

    Acho que vale a pena visitar o Hai África e ficar ainda mais por dentro desse projeto. Quem sabe você não pode ajudar pelo menos a divulgar né?

    Um beijo!
     

    Gostou? Compartilhe:

      ajuda

      {ajudinha} A morte lenta e dolorosa do menino iPhone

      Quem acompanha a gente no twitter (@tpmmoderna) ou me acompanha no instagram (@daicravo) já sabe da morte lenta e dolorosa do meu amado e véio iPhone 4. Faz uns 4 anos que tenho o coitadinho e ele decidiu que é hora de ir partindo dessa pra melhor, aos pouquinhos.

      Começou uns meses atrás ficando lento igual uma tartaruga véia, semana passada evoluiu para desligamentos do nada, todos os dias. Ele desliga e só liga de novo no reset. Uma maravilha, só que não.

      Agora ele passou a perder área do nada, assim como sinal do wifi.

      Ou seja: tá agonizando.

      Conversei com algumas pessoas que tem o iPhone 4 e estamos todas na mesma situação, então acredito que a vida útil dele seja +/- essa mesmo. O que é ótimo. Melhor celular que já tive disparado, amo meu iPhone, mas me recuso a comprar outro por motivos de: preço. Produtos da Apple viciam e não quero me ver daqui uns anos pagando R$5.000 num celular. Por favor, não.

      Então, estou entre o Motorola Moto G 2ª geração e o Samsung Gran Prime (o da câmera frontal de 5mp). Gostaria MUITO que vocês me ajudassem com opiniões entre os dois, ou até mesmo entre algum que custe no máximo R$900.

      Me espanta a quantidade de gente que odeia Samsung (a Mari, por exemplo, não recomenda de jeito nenhum).

      O que me deixa meio com o pé atrás no Moto G 2014 é a câmera.

      Aiii que dúvida gente! Tem alguém na mesma situação?

      Beijos!

       

      Gostou? Compartilhe:

        ajuda, animais

        Projeto SalvaCão

        Quem me conhece, pelo menos um pouquinho, sabe que sou apaixonada por cachorros. Prefiro mil vezes um cachorro que um ser humano e minha mãe segue o mesmo caminho.

        Tenho um cachorro, que compramos, infelizmente, porque 11 anos atrás ainda não tínhamos ideia dessa coisa toda de adoção e tudo mais. Não pretendo ter cachorro quando me casar porque o apê vai ficar o dia todinho sem ninguém e não é justo tirar um cachorro de uma grade pra colocar em outra. Mas isso não muda meu amor por eles.

        Vivo falando que se um dia ficar rica eu vou comprar uma chácara, contratar um veterinário e pegar todos os cachorros de rua pra deixar lá, felizes, saudáveis, brincando e levando a vida que eles merecem ter.

        Só que sou pobre. Tenho muuuuuuuuuuuuuuuuuuito menos dinheiro do que qualquer uma de vocês imagina que eu tenha, então, acabo sem ter condições nem de doar para o Projeto SalvaCão e ajudar essa equipe tão bonita a pagar suas contas.

        O Projeto SalvaCão é uma iniciativa de um grupo de amigos que se uniu para ajudar os animais de rua ou em situações de maus-tratos e violência. O objetivo é devolver a dignidade e o respeito que lhes é devido, uma questão não apenas de compaixão, mas de saúde pública, cidadania e direito à vida.

        A associação ainda não possui estrutura física, mas a qualidade de vida é sempre prioridade, até por isso o número de resgatados é restrito. Por enquanto, a ideia é cuidar de cinco a sete cães por vez. Quando um deles é adotado, outro é resgatado nas mesmas condições.

        Todos animais estão hospedados em locais com área de lazer, fazem exercícios, comem a melhor ração, têm acompanhamento veterinário, recebem adestramento e trabalho de socialização (em casos de cães agressivos). O projeto depende totalmente de doações para o seu funcionamento e a ajuda da população passa a ser essencial nesta batalha.

        O SalvaCão nasceu em março de 2011, desde então já foram resgatados mais de 40 cães. Somos: Luiz Cesar Pimentel, Janaina Reis, Tatiana Izquierdo, Adriana Walch, Andrea Giusti e Alessandra Siedschlag. Conheça, divulgue, contribua com o Projeto SalvaCão e seja você também um protetor de animais.

        “Conheço” a Lele (Alessandra Siedschlag) desde a época que ela fazia parte do BigBostaBrasil e hoje em dia do Te Dou um Dado?. Quem acompanha o programa Hoje em Dia da Record sabe do engajamento dela na causa animal.

        Vou vir aqui no blog pelo menos 1x por mês lembrar vocês desse projeto tão bacana e ensinar como vocês podem doar. Mas hoje vim mostrar algumas coisinhas lindas que vocês podem comprar na lojinha deles 🙂

        Na lojinha tem outras estampas/cores e tem camiseta e baby look, se joga 🙂

         

         

        Gostou? Compartilhe:

          ajuda, Beleza, Pele

          Foliculite – Eu tenho, o que eu faço?

          Já faz um bom tempo que postei sobre foliculite e até hoje recebo perguntas sobre. Achei legal fazer um post atualizado e vou aproveitar pra responder algumas perguntas que surgiram no post antigo.

          Continuo usando o sabonete de enxofre (dessa última vez que comprei não tinha esse na farmácia então comprei um antisséptico que contém enxofre) e esfoliando com uma esponja. Só que agora além disso eu também uso a pomada Nebacetin quando a foliculite está parecendo uma espinha e pra tirar as manchinhas uso a pomada Solaquin.

          Lembrando que não sou médica. Tudo isso que uso é por “conhecimento próprio”, o correto MESMO é ir numa dermatologista e ver o que ela te receita.

          Então, minha rotina é: 

          • Toda vez que tomo banho lavo as partes afetadas com o sabonete de enxofre e esfolio com a esponja.
          • Passo duas vezes por dia a pomada Nebacetin nas foliculites que estão inflamadas.
          • Passo duas vezes ao dia a pomada Solaquin nas partes onde a foliculite não existe mais, mas deixou marquinha.

          Lembrando que a pomada Solaquin não deve ser usada por muito tempo no mesmo local porque corre o risco até de manchar a pele.

          “Seria normal ter a foliculite na região das nádegas, costas e braços em nós homens?” 

          Sim, nádegas, aliás, junto com as pernas são os locais mais comuns de surgir foliculite.

          “Já uso o sabonete e a esponja mas percebi resultado por um tempo depois volta a aparecer.O que fazer com as marcas que a foliculite deixa?”

          Eu nunca deixo de usar, se não volta mesmo. Para as marcas eu uso Solaquin. Mas tem que ler a bula direitinho pra saber exatamente como usar e por quanto tempo.

          Gostou? Compartilhe: