#chaversário, Aniversário, Casamento, Comemorações, Dicas, Eventos, Festas, Sem categoria

{#chaversário} Como organizar uma festa pequena? ♥ Parte 2

falei aqui pra vocês sobre como começar a organizar uma festa pequena. Fiz uma listinha com tudo que a gente precisa pra não transformar a festa em um pesadelo no meio do caminho.

Hoje, como prometido, vou dar algumas dicas de como economizar na organização da festa. Espero que gostem!

  1. Pesquise! Pesquisar é a chave pra economizar em qualquer coisa na vida e não seria diferente com uma festa. Existem dezenas de fornecedores do mesmo segmento, então, não tenha preguiça de pesquisar. Faça uma lista com todas as empresas que te agradam, peça orçamento e faça uma nova lista com todas as empresas dentre essas que estão dentro do seu limite de gastos. É muito importante levar em consideração as indicações. Na era da internet uma coisa legal é ler as avaliações do fornecedor na página deles do Facebook. Outra coisa muito válida é pedir indicação para amigos e conhecidos.
  2. Procure alternativas de espaços para festa! Caso o orçamento esteja bem apertado (ou você tenha uma das opções a seguir) uma ótima ideia é fazer a festa no salão de festas do condomínio ou na casa/quintal de algum familiar/amigo, etc. Outra dica é pesquisar salões mais simples, com promoção, ou então salões “crus” já que nem sempre precisamos dos brinquedos disponíveis ou de uma estrutura excelente. Temos sempre que analisar o custo benefício.
  3. Em caso de festa infantil, pesquise aluguel de brinquedos! Essa dica complementa a de cima: as vezes vale mais a pena alugar um salão mais simples e alugar a parte brinquedos de empresas especializadas do que alugar tudo junto.
  4. Faça você mesmo! É claro que o ideal é tirarmos a nossa responsabilidade dos itens da festa pra não ter dor de cabeça, mas, nem sempre isso é possível. As vezes o dinheiro está contado e é mais vantagem a gente escolher algumas coisas para colocar a mão na massa. Pode ser os doces, o bolo, alguns itens da decoração, lembrancinhas, etc.
  5. Economize no buffet! O sonho de todo ser humano é ter grana o suficiente pra contratar buffet até pro chá da tarde entre as amigas, isso ninguém pode negar. Porém, isso tem um custo, então devemos priorizar algumas coisas e excluir outras. Uma dica é dispensar o serviço completo de buffet e ter mesas onde os convidados podem se servir. Caso algum convidado reclame da falta do serviço você já sabe quem excluir da lista na próxima festa.
  6. Escolha bem o cardápio! Eu estou levando em consideração que você é da mesma vibe que euzinha: amante de comida boa, simples e barata. A partir disso temos algumas opções bem interessantes para a festa: salgados, cachorro quente, buraco quente, pipoca, bolos simples, tortas, misto quente, lanchinho natural… Você pode, por exemplo, comprar salgados em menor quantidade do que se na festa tivesse “só” eles e caprichar em uma mesa com cachorro quente, misto quente, enfim, lanchinhos que você mesma pode arregaçar as mangas e fazer. Esse tipo de comida enche e agrada e os convidados ao mesmo tempo.
  7. Economize no convite! Pode parecer uma coisa besta e pequena mas qualquer economia é bem vinda não é mesmo? Hoje em dia ninguém liga mais para convites de papel, principalmente em pequenas comemorações. Uma arte digital bonita já basta e você consegue enviar para os convidados por WhatsApp, email, facebook… Além de economizar na impressão em si você ainda economiza gasolina (que está pela hora da morte!) evitando ir na casa de cada um dos convidados.
  8. Decoração mais simples ou alugue e monte! A decoração (principalmente da mesa de bolo) é um dos itens mais importantes da festa. É lá que a maior parte das fotos serão tiradas, que os convidados vão reparar e que você vai guardar como lembrança pra sempre na memória. Aqui temos duas opções para economizar: contratar um fornecedor de decoração e escolher dentre as opções uma mais simples, que caiba no seu orçamento. Desse jeito você conta com o serviço profissional e não tem que se preocupar na hora de montar a festa. As vezes, a decoração pode ser mais simples, com menos itens, e você pode complementar com itens de decoração que você tem na sua casa, brinquedos das crianças, doces, etc. Outra opção é dar uma olhada nas lojas que alugam itens de decoração e fazer você mesma. Nessas lojas tem de tudo: mesas, decoração de mesa, bolo fake, painel, etc. Você escolhe os itens que quer (geralmente com ajuda dos funcionários, o que facilita muito) e paga por cada um separadamente. No dia é você quem monta do jeito que quiser no local da festa. Acho que nesse caso não existe uma opção melhor que a outra, vai depender da sua vontade, disposição e do que for melhor no seu caso.
  9. Defina a sua prioridade! Cada um de nós prefere uma coisa, gosta mais de uma coisa e tem uma prioridade quando se trata de festa. Você pode, por exemplo, preferir caprichar no cardápio e se virar com o resto. Preferir uma decoração mais bonita, com mais itens e fazer você mesma as comidinhas. Preferir pagar um fotógrafo profissional para ter lembranças bem bonitas da festa, etc… É uma questão de escolha muito pessoal, mas a opção aqui é: defina a sua prioridade, gaste mais nela e arrume alternativas para o restante.
  10. Diminua a lista de convidados! Essa é a melhor opção de todas para todo e qualquer tipo de festa. Geralmente acabamos convidando algumas pessoas “por obrigação” e isso não existe. É chato ter pessoas na festa que você não queria convidar mas se sentiu obrigado por um motivo ou outro e isso sempre gera arrependimentos. Cada convidado que você exclui da lista é um dinheirinho a mais pra caprichar na festa e fazer algo melhor pra quem  você realmente gosta, pense nisso.

Gostaram das dicas? Em breve sai a Parte 3 ♥

Comments

comments

Gostou? Compartilhe: