#DaiEmForma, Reeducação Alimentar, Saúde

{#DaiEmForma} A reeducação alimentar está sendo fácil?

NÃÃÃÃÃÃÃO!!!!!!

Não, a reeducação alimentar não está sendo fácil. Por que? Porque eu passei quase 27 anos da minha vida comendo um monte de tranqueira, todos os dias e não será em um curto período que meu corpo vai achar uma maravilha ficar sem aquele tanto de gordura, açúcar, etc…

Pra quem não sabe da minha rotina, eu conto: tomo café em casa, trabalho das 9h até 18h (ou seja, todas as refeições desse período são fora), vou pra academia e 19h30 chego em casa.

No almoço minha mãe me trazia marmita. 99% das vezes tinha: arroz branco, alguma massa bem gorda e fritura (bata frita, bolinha de queijo, coxinha…). Em casa a gente raramente comia fritura em óleo já que temos a fritadeira sem óleo, porém, comíamos muita comida congelada (batata, nugets, lasanha, escondidinho, kibe…) e praticamente nenhum legume ou fruta.

Aí, como vocês sabem, fui na Nutricionista Flávia Murena, fiz bioimpedância e recebi o meu novo cardápio. Comecei a seguir a dieta no domingo, dia 10/07.

Os dois primeiros dias foram extremamente tranquilos, porém, no terceiro dia acho que o corpo começou a sentir falta de todo aquele parque de diversões alimentar e ficava me implorando por um doce ou uma coisa bem gorda. Resisti firme. Juro. Me entupi de água pra ver se a vontade passava.

Acabei descobrindo que banana com um tequinho de chocolate em pó 70% cacau aliviava demais minha vontade de doce. Não, esse prato típico da Dianelândia não está no meu cardápio, mas eu comi, porque era melhor que um pacote de trakinas ou bolo de pote né mores?

Além disso, encomendei marmitas congeladas saudáveis da Lá de Casa – Alimentação Saudável. Não, não fiz permuta, não é publi, comprei mesmo. Achei o máximo porque ela faz as marmitas seguindo o cardápio da nutri, ou seja, era garantia de sucesso nos meus almoços aqui no trabalho. Isso me ajudou demais!

marmita

Jantar pra mim é mega tranquilo. Faço meu peixe ou meu frango, cozinho meus legumes e tudo ok, não fico com vontade de nada gordo, e, como durmo cedo também não chega a dar fome ou vontade de doce.

Durante o dia ainda vivo esquecendo em casa parte dos meus lanchinhos, por pura falta de costume, claro. Acredito que com o tempo e a rotina eu consiga lembrar de trazer tudo todos os dias.

Mas, sempre pego o cardápio, olho o que posso comer na hora do lanche que esqueci e caso não tenha como conseguir aquilo eu opto por alguma outra coisa saudável que tenha no cardápio, pra não sair completamente do foco.

Agora, a parte mais tensa é realmente o final de semana. Nesse que passou dei uma jacada e meia (meia porque no jantar de sábado comi coisas que podia com algumas que não hahaha). Domingo meus pais e minha irmã foram almoçar em casa, aí não rola fazer dieta né gente? Também sou filha de Deus! hahaha

Mas no jantar já voltei ao foco e agora tudo voltou ao normal.

Acho que o mais importante é não exagerar e voltar pra dieta logo na refeição seguinte pra não desanimar e nem virar hábito as jacadas.

Ahhh, vocês viram que já deu resultado esse combo de estética, academia e nutricionista?

Postei essas fotos nas redes sociais sábado contando que essa calça ficava mega esturricada em mim até uma semana atrás e agora entrou super de boa. Fiquei toda orgulhosa e boba.

E acho que é isso gente!

Se vocês tiverem alguma dúvida é só deixar nos comentários ♥

Lembrando que nesse post aqui coloquei todos os descontos que as leitoras do blog tem nas empresas parceiras do projeto #DaiEmForma.

Parceiros:

Comments

comments

Gostou? Compartilhe: