academia

Meus primeiros dias de academia

 
Vocês sabem que comecei a frequentar academia segunda feira né? Pois bem, resolvi vir aqui contar como está sendo essa nova fase (cof cof) da minha vida porque sei que muita menina tem vontade de fazer mas tem vergonha, medo, receio, enfim…
Eu pelo menos estava morrendo de vergonha: ir sozinha para um lugar que você nunca foi dá aquela sensação de primeiro dia de aula na escolinha nova sabe?! hahahaha

  •  Saí da loja (19h) e fui a pé para a academia (fica a uns 2 quarteirões daqui). A recepção estava lotada (acho que meu bairro todo decidiu começar 2012 fazendo academia), aí esperei um pouco, preenchi minha matrícula, paguei e veio a frase mais temida de todos os tempos: “pode entrar, subir a escada e procurar o professor fulano”. Fui inocente e perguntei “mas como vou saber quem é ele?” e a moça respondeu rindo “ele tem cara de tirano”. Lindo isso.
  • Subi as escadas com cara de cão que caiu da mudança. Entrei no salão que ficam os equipamentos de musculação e… bem, nem que eu fosse Chico Xavier saberia quem era o professor. Eram todos iguais. Tive que pedir ajuda (morro de vergonha!) pra uma menina, e ela me apontou um homem menor do que eu esperava e sem cara de tirano, amém.
  • Nos apresentamos, ele perguntou se eu já tinha feito academia, se fazia algum tipo de atividade física e a resposta para as duas perguntaram foi “não”, claro. Perguntou também quantos dias eu estava pretendendo ir na academia por semana e o que eu estava pretendendo para meu corpo. Olha, vou ser sincera: eu pensei em dizer “quero ficar gostosa” mas como imaginei que isso faria meu treino ser daqueles terríveis eu só respondi “quero melhorar meu condicionamento físico e não ficar mole”. Fim da primeira parte constrangedora.
  • Ele me levou lá embaixo novamente e me colocou pra fazer 20 minutos de esteira. Olha, até que eu gostei da esteira, tirando a parte de quase cair quando me desconcentrava e de não saber diminuir aquela merda pra eu sair sem que as pernas ficassem bambas. Saí de cima da bendita com uma sensação horrível de não conseguir andar, mas disfarcei bem. Mentira.
  • Subi novamente aquelas escadas terríveis, avistei o professor e tchanã, ele já tinha feito meu treino do dia, que alegria gente, que alegria. Resumindo: fiz 3 séries de 15 repetições dando pausa de 40 segundos entre elas, primeiro em um negócio de levantar pesos com o tornozelo, a mesma coisa em um de abrir e fechar as pernas (altamente constrangedor), a mesma coisa de leg press (o único que sei o nome! haha),  a mesma coisa em um para a panturrilha… aí encerrei o treino de pernas, quase sem elas. E devo confessar que no último aparelho eu fiz menos repetições que o professor mandou. Era isso ou desmaiar no primeiro dia de academia. Aí comecei a segunda parte, mesma coisa, mas fiz primeiro um exercício que eu ficava abrindo e fechando os braços no aparelho, depois fiz cosplay de quem ia voar com pesinhos, aí fiz um que era para o tchauzinho, segundo o professor e por fim fiz 4 séries de 15 abdominais estatelada no colchonete.

Olha, não morri, mas cheguei muito perto disso. E não me perguntem como desci as escadas e voltei andando pra casa porque eu não sei. E também não sei o que foi que me motivou a querer voltar. Deve ter sido a sensação boa que dá depois que você toma banho! hahaha
Pontos positivos: não tinha ninguém de macacão, não tinha ninguém com meia até o joelho, ninguém prestava atenção no que eu estava fazendo, aguento levantar 15kg 180 vezes com a perna e 135 vezes com os braços. Fim.

  • Decidi que ia fazer uma aula de Fit Bike (é uma sala fechada, luz apagada, com luzes coloridas igual casa noturna, com música mega alta e bicicletas pra gente fazer spinning).
  • Cheguei lá, peguei uma senha na recepção (spinning são as aulas mais disputadas da academia, então já viu…) e fiquei esperando dar o horário. Entrei na sala, a professora veio falar comigo, arrumou minha bicicleta, explicou tudo direitinho e foi lá começar a aula.
  • Achei que fosse morrer, sério.
  • Fiquei dos 10 primeiros minutos de aula até o fim prometendo que jamais faria aquilo de novo. Na hora que a professora mandava “fazer posição 3 e subir” eu queria gritar e chorar (e desmaiar). Aí na hora que a aula acabou eu senti vontade de fazer de novo. Devo ser masoquista. Mas saí da aula com a sensação de que superei a morte.
  • Ps: hoje, um dia depois da aula, estou sem pernas. Não existe a parte interna das minhas coxas, só DOR. Acordei de madrugada de dor, não podia me mexer, enfim… desastre.
Não sei se aconselho vocês a fazerem spinning, tenho medo de depois vocês me ameaçarem de morte. Mas da musculação eu gostei e sim, recomendo. Até porque o professor vai fazer uma série de acordo com o seu corpo, com o que você quer e com o que você aguenta. 
Acho que prefiro uma coisa mais “individual” mesmo… pelo menos por enquanto! hahaha
É isso meninas, hoje faço musculação de novo, mas outra série… 
Quem mais está fazendo academia hein?!

Comments

comments

Gostou? Compartilhe: