Dicas, testamos

Absorvente Interno

Meninas, usei absorvente interno pela primeira vez na minha vida. Vou aproveitar a oportunidade e contar como foi porque sei que muitas de vocês devem ter diversas dúvidas sobre como colocar, qual a sensação e bla bla bla.
Na verdade, nunca tinha pensado antes em usar esse tipo de absorvente porque nunca tive problemas com os “comuns”, mas depois que a O.B anunciou aqui no blog eu resolvi que era hora de, pelo menos, tentar.
Agora riam de mim: quando eu tinha uns 4 anos fui fazer compra com uma tia minha, avistei o OB e perguntei “tia, você já usou?” ela disse “não” e eu tão logo completei “eu também não”. Pois é. hahaha

Vamos lá…

Eu pedi uma amostra grátis lá no site que falei pra vocês no outro post, lembram? Veio 4 unidades do “mini”. Uma cartinha explicando o novo produto e um guia com instruções de como usar e dúvidas frequentes.

Como era a primeira vez que ia usar, e desconfiada que sou, eu coloquei o absorvente normal também, para garantir que nada daria errado! hahaha

Confesso que é uma coisa meio constrangedora de se colocar, mas no meu caso não doeu, nem incomodou. Foi só chegar no “local certo” que eu não senti mais o OB dentro de mim.
Tá, e é meio chato ficar com aquela cordinha pendurada também! hahaha

Nas instruções diz para ficar no máximo 8h com ele dentro do corpo e que, quanto mais encharcado o OB estiver, mais fácil é de tirar. Eu não sei ao certo quantas horas fiquei com ele, deve ter sido em torno de umas 6h.
Foi fácil de tirar, mas foi estranho, porque você sente claramente aquele negócio “passando por você” até sair todo suho na sua mão.

Conclusão: Gostei e recomendo para quem nunca tentou. Acho que com a “prática” vai ficando mais normal usar absorventes internos.

Comments

comments

Gostou? Compartilhe: